Segunda, 28 de Setembro de 2020
(71) 9 9967-9844
Polícia Bahia

Família denuncia PMs por tortura e agressão após militares invadirem casa na Bahia; polícia apura caso

Situação aconteceu na cidade de Capim Grosso, no norte do estado. Filhos de dona de casa foram agredidos e um deles foi enforcado com uma mangueira.

08/09/2020 18h50
Por: David Santos Fonte: G1 Bahia
Família denuncia PMs por tortura e agressão após militares invadirem casa na Bahia; polícia apura caso

Uma mulher da cidade de Capim Grosso, no norte da Bahia, denunciou policiais militares por tortura e agressão contra os filhos, após os militares invadirem a casa da família, no bairro José Mendes de Queiroz. A Polícia Militar disse que instaurou uma sindicância para apurar a conduta dos envolvidos.

A situação aconteceu no dia 29 de agosto. Jucide Silva Oliveira conta que a família estava em casa, reformando uma parede do imóvel, quando parou para almoçar. Neste momento, os PMs chegaram procurando um homem conhecido como Marcelo, só que ninguém sabia quem era essa pessoa.

Ainda segundo a mulher, os policiais não acreditaram e passaram a torturar os dois filhos dela, para que eles falassem. Os militares usaram uma mangueira para enforcar um dos filhos de Jucide, que acabou desmaiando na ação. Os rapazes também tiveram os cabelos e chinelos cortados pelos PMs, além de serem agredidos.

A dona de casa conta ainda que os policiais revistaram toda a casa dela, mesmo sem apresentarem um mandado judicial, e não encontraram nada. Quando os militares saíram da residência, a família gravou um vídeo em que Jucide desabafa e mostra um dos filhos, Joedson, 21 anos, visivelmente abalado.

"Meu filho aqui, olha. Estava almoçando, botaram para correr. Bateram nele, enforcaram até desmaiar, cortaram o chinelo. O outro está com o pé quebrado, tem dois meses que não sai de dentro de casa, doente, com o pé quebrado", falou.

 
Família denuncia PMs por tortura e agressão após militares invadirem casa na Bahia — Foto: Reprodução/TV Bahia

Família denuncia PMs por tortura e agressão após militares invadirem casa na Bahia — Foto: Reprodução/TV Bahia

O desabafo de Jucide circulou na internet e causou comoção nas redes sociais, por causa do relato da truculência e tortura empregada pelos policiais na ação. Ainda nas imagens, a dona de casa faz um apelo para as autoridades, para que orientem os policiais nas abordagens.

 

"Vocês têm que orientar quando eles vêm atrás de pobre, porque não é todo mundo que é vagabundo não. Aqui não tem vagabundo, é tudo pai de família, trabalhador. Enforcaram pais de família com mangueira, sem ter necessidade nenhuma. Entraram dentro de casa, olharam tudo e não acharam nada. Porque a gente é pobre, não pode morar aqui não. Eles têm que aprender a fazer o trabalho deles direito, porque a gente é pobre, mas não é cachorro, não", desabafou.

 

Nesta terça-feira (8), a dona de casa falou com a equipe da TV Bahia. Jucide contou que ela está sendo apoiada por membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na Bahia, e que quer justiça pelo que aconteceu com os filhos dela.

"Eu estou aqui à procura de Justiça. Eles entraram em minha casa sem mandado, enforcaram meus filhos com mangueira, cortaram chinelos, cortaram os cabelos de meus filhos. Eu estou com um filho acompanhado por psicólogos. A gente está consciente de nossos direitos, que não é assim. Porque a gente é de uma família pobre, de um bairro que tem muitos negros, inclusive meus filhos são negros, e a gente está passando por tudo isso. Eu não quero que nenhuma mãe passe pelo que eu passei. A gente está sendo acompanhado pela Ordem dos Advogados da Bahia, que está nos dando a maior força, e eu tenho certeza que a gente vai ter a justiça", disse Jucide.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador - BA
Atualizado às 20h11 - Fonte: Climatempo
26°
Nuvens esparsas

Mín. 22° Máx. 31°

28° Sensação
20 km/h Vento
79% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol e Chuva
Quarta (30/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol e Chuva