25°C 26°C
Salvador, BA
Publicidade

Cachaça da Bahia ganha projeção como produto turístico na vitrine mundial da bebida

O evento foi aberto nesta quinta-feira (4), com programação que segue até domingo (7), incluindo feiras de cervejas e doces e atrações musicais.

05/07/2024 às 01h03
Por: Redação
Compartilhe:
Divulgação / Estado da Bahia
Divulgação / Estado da Bahia

Que a Bahia é a terra do acarajé, todo mundo já sabe. Que a Bahia é, também, a terra do cacau, não existe dúvida. Agora, o destino quer ser conhecido pela cachaça de qualidade que produz. Com essa intenção, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-BA) participa da 33ª Expocachaça, feira considerada a vitrine mundial da bebida genuinamente brasileira, no Center Minas Expo, em Belo Horizonte. O evento foi aberto nesta quinta-feira (4), com programação que segue até domingo (7), incluindo feiras de cervejas e doces e atrações musicais.

Continua após a publicidade

A Setur-BA divulga a Rota do Engenhos – Sabores das Cachaças da Bahia, com a participação de 11 produtores convidados. Os visitantes da exposição conhecem marcas da bebida que são fabricadas em seis zonas turísticas baianas: Chapada Diamantina, Caminhos do Sudoeste, Costa do Cacau, Costa das Baleias, Caminhos do Oeste e Costa dos Coqueiros. Em destaque, rótulos com premiações nacionais e internacionais, como Matriarca (Medeiros Neto) e Rio do Engenho (Ilhéus).

“É muito importante para os produtores artesanais de cachaça a participação nessa feira de alcance mundial. Uma oportunidade de mostrarmos a qualidade dos produtos baianos e suas premiações. A gente fica feliz em ver o Governo do Estado dar esse apoio para estarmos expondo aqui”, ressaltou Lucas Di Loreto Maia, proprietário da Matriarca.

“Houve um período em que o nosso segmento ficou esquecido e, agora, com essa iniciativa da Setur-BA, a gente volta a participar de grandes eventos, para mostrar que as cachaças da Bahia têm muita qualidade”, completou Luiz Fernando Galletti, da Rio do Engenho.

Continua após a publicidade

Representando as mulheres, Adeilsa Souza, produtora da cachaça Paramirim, do município baiano de mesmo nome, estava motivada. “Era um sonho meu ver a Bahia representada na Expocachaça. Eu via outros estados participando e queria que minha terra participasse. A Bahia tem cachaças excelentes e merece estar nessa feira”.

No roteiro dos engenhos baianos, o turista pode vivenciar uma experiência rural única. Ele irá conhecer o processo de produção da cachaça, desde a colheita da matéria-prima (cana de açúcar), passando pela moagem da cana, fermentação e destilação do caldo para virar aguardente, até o envelhecimento e engarrafamento da bebida

“Visitamos os engenhos e fizemos um levantamento das potencialidades de cada região, discutindo com os produtores estratégias para incrementar o segmento, como a participação nessa feira tão relevante e qualificação. Esse novo roteiro integra as ações do Governo do Estado na diversificação da oferta turística”, explicou a turismóloga e assessora técnica da Setur-BA, Aidê Argolo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador, BA
22°
Parcialmente nublado

Mín. 25° Máx. 26°

22° Sensação
7.13km/h Vento
68% Umidade
40% (0.26mm) Chance de chuva
05h56 Nascer do sol
05h22 Pôr do sol
Ter 26° 24°
Qua 25° 23°
Qui 25° 24°
Sex 25° 24°
Sáb 25° 24°
Atualizado às 18h46
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,34%
Euro
R$ 5,94 +0,12%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 367,475,14 +10,48%
Ibovespa
129,320,96 pts 0.33%
Publicidade
Publicidade
Publicidade