Sexta, 24 de Junho de 2022
27°

Poucas nuvens

Salvador - BA

Entretenimento Entretenimento

Targino Gondim no Conversa com Bial

Cantor e sanfoneiro conta seus segredos e fala de São João no Programa Global

17/06/2022 às 09h46 Atualizada em 17/06/2022 às 14h24
Por:
Compartilhe:
Targino Gondim no Conversa com Bial

O São João deste ano terá Targino Gondim na tela da Globo. O artista foi convidado para o Conversa com Bial no qual ele contou sobre sua carreira, os festejos juninos no Nordeste e sobre música. Considerado um dos grandes nomes do forró nacional, esteve ao lado de Tarcisio do Acordeon e apresentou seu grande sucesso Esperando na Janela. 

Gondim fala no programa suas lembranças de São João, as crenças juninas, as festas, a fé nordestina e o cenário atual do São João, quando se falou de da descaracterização dos festejos de algumas prefeituras.

Dono de uma versatilidade artística e do projeto Targino Sem Limites, no qual cantava ritmos diferentes do forró, este ano o forrozeiro foi um dos concorrentes do Grammy Latino pelo Melhor Álbum de Música de Raízes com Targino Sem Limites, depois de 19 anos de vencer o Oscar da Música com a canção Esperando na Janela. 

Quando a canção estourou esteve na Gavea, Rio de Janeiro, ao lado de grande nomes como Fernanda Montenegro, Regina Case e Gilberto Gil, e ali naquele encontro conheceu Pedro Bial, voltando a reencontrar no programa global. 

Targino Gondim é dono de uma voz melódica e um jeito doce de tocar. Mesmo com a chancela de grandes nomes do ritmo, a exemplo de Gilberto Gil, Fagner, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Alceu Valença e Dominguinhos, o artista não se limitou apenas a fazer shows.

Empreendedor tem tocado eventos como Festival Internacional da Sanfona (Juazeiro-BA), que já é o maior evento de acordeon da América Latina, Festival de Forró da Chapada (Mucugê-Ba), Conecta Chapada (Andaraí-BA), e Festival de Forró de Itacaré (Itacaré-Ba).

O artista em 2009 apresentou o projeto Canções de Luiz, trabalho que lhe rendeu o prêmio de Melhor Cantor no 21º Prêmio da Música Brasileira 2010 (antigo Prêmio Tim de Música) e em 2015, Canções Divinas incluindo música de sua autoria em homenagem ao Papa: "O Papa Francisco", recebendo uma carta de agradecimento do Pontífice.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.