Sexta, 24 de Junho de 2022
27°

Nuvens esparsas

Salvador - BA

Política Brasil

Em SP, Musk e Bolsonaro tratam de conectividade para a Amazônia

Projeto vai disponibilizar internet para conectar regiões sem cobertura na Amazônia

20/05/2022 às 16h32
Por: Lohan Santana
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Twitter Jair Bolsonaro
Foto: Reprodução/Twitter Jair Bolsonaro

O empresário Elon Musk se encontrou nesta sexta-feira (20) com o presidente Jair Bolsonaro (PL), em São Paulo. Na ocasião, eles discutiram projetos de conectividade para a Amazônia.

Durante o encontro, o bilionário e CEO da Tesla anunciou que trará internet para conectar regiões sem cobertura na Amazônia: “Super animado por estar no Brasil para o lançamento da Starlink para 19 mil escolas desconectadas em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazônia!”, disse ele em postagem nas redes sociais.

Bolsonaro também falou sobre a Amazônia e agradeceu o bilionário: “Contamos com Musk para que a Amazônia seja conhecida por todos, no Brasil e no mundo. Mostrar a exuberância dessa região, como ela é preservada por nós e quantos malefícios causam para nós aqueles que difundem mentiras sobre essa região”.

Além de Bolsonaro e do ministro das Comunicações, Fábio Faria, outros ministros e empresários acompanharam o evento.

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, também postou nas redes sociais sobre o encontro de Bolsonaro com Musk. “Está no Brasil, a convite do ministro Fábio Faria, o empresário Elon Musk, da Tesla. A busca de projetos de tecnologia em favor dos brasileiros é o que move o ministro, que mais uma vez na vanguarda promove proveitoso encontro com o presidente Jair Bolsonaro, em que estarei presente”.

Em nota, o gabinete do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF) também se manifestou sobre o evento: “Durante o mencionado evento no interior de São Paulo, o ministro Dias Toffoli participou de cerimônia do Projeto Conecta Amazônia, lançado a partir de parceria firmada entre o Ministério das Comunicações e o Conselho Nacional de Justiça, quando Toffoli presidia o conselho. O CNJ participou ativamente do projeto, que tem o objetivo, dentre outros, de ampliar a qualidade dos serviços digitais para o acesso à Justiça na região Norte do país”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.