Quarta, 18 de Maio de 2022
27°

Muitas nuvens

Salvador - BA

Bahia Salvador

Programa Médicos pelo Brasil inicia atividades na capital baiana

Salvador foi contemplada com 134 vagas no programa federal

12/05/2022 às 13h50 Atualizada em 12/05/2022 às 14h31
Por: Lohan Santana
Compartilhe:
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O programa Médicos pelo Brasil reforça, a partir desta quinta-feira (12), as ações na área da saúde em Salvador. O pontapé será dado dentro do Seminário de Qualificação do Desempenho na Atenção Primária à Saúde (APS), no Hotel Fiesta, no Itaigara. A capital baiana foi contemplada com 134 vagas no programa federal.

Participarão da solenidade o titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Décio Martins; o secretário de Atenção Primária do Ministério da Saúde, Raphael Câmara; Alexandre Pozza, presidente da Agência para o Desenvolvimento da Atenção Primária à Saúde (Adaps), vinculada ao Médicos pelo Brasil; e demais técnicos federais e municipais.

Promovido pelo Ministério da Saúde, o encontro visa apoiar gestores de cidades na melhoria dos indicadores de desempenho no Programa Previne Brasil. Ou seja, os municípios serão capacitados para que consigam obter o máximo de recurso de financiamento das ações na APS e, consequentemente, ampliar o acesso da população aos serviços de saúde.

Médicos pelo Brasil

O Programa Médicos pelo Brasil (MpB), lançado em 2019, tem entre os objetivos disponibilizar médicos para locais com dificuldade de fixar o profissional e com alta vulnerabilidade social, tornando um programa estratégico na Atenção Primária à Saúde. O MpB objetiva também formar mais Médicos de Família e Comunidade, a fim de aperfeiçoar a assistência realizada na Atenção Primária à Saúde, além de favorecer a permanência e fomentar a longitudinalidade da atenção na APS.

O primeiro processo seletivo do Médicos pelo Brasil teve 16.357 inscrições com 8.518 candidatos aprovados no País. O concurso priorizou o provimento dos lugares mais distantes, com maior dificuldade de contratação de médicos, e a busca pela excelência clínica na APS. O vínculo oferecido pelo programa envolve contrato CLT com todos os direitos trabalhistas, benefícios adicionais para atuação nas áreas mais distantes, plano de carreira e melhores condições salariais, com remunerações de até R$24 mil.

Previne Brasil

O Previne Brasil é o modelo de financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS) instituído em 2019. Ele leva em conta quatro componentes para fazer o repasse financeiro federal a municípios e ao Distrito Federal: capitação ponderada (cadastro de pessoas), pagamento por desempenho (indicadores de saúde), incentivo financeiro com base em critério populacional e incentivo para ações estratégicas (credenciamentos/adesão a programas e ações do Ministério da Saúde).

A proposta tem como princípio aumentar o acesso das pessoas aos serviços da APS e o vínculo entre população e equipe, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que assistem.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.