Quarta, 18 de Maio de 2022
27°

Muitas nuvens

Salvador - BA

Esportes Futebol

Após ser devolvido ao Vitória, Luan Silva entra com ação contra o Palmeiras e cobra reintegração

Atacante de 23 anos tem apenas uma partida disputada desde 2019 e passou por quatro cirurgias

09/05/2022 às 10h42
Por: Louise Santos Fonte: ge/ba
Compartilhe:
Foto: Cesar Greco
Foto: Cesar Greco

O atacante Luan Silva entrou com uma ação contra o Palmeiras para cobrar reintegração ao clube. O jogador de 23 anos estava emprestado pelo Vitória ao Verdão desde 2019, mas sofreu com lesões e, em março de 2022, seu contrato com a equipe paulista acabou e não foi renovado mais uma vez.

Luan está em recuperação da quarta cirurgia no joelho e afirma que é responsável por arcar com os custos do tratamento atualmente. O Vitória alega que só vai receber o jogador quando ele estiver plenamente recuperado.

 

Como o vínculo como o Palmeiras acabou há dois meses e o Vitória não aceitou recebê-lo nas condições atuais, o atacante está sem salário desde então.

Ele entrou com o processo por entender que saiu do clube paulista sem estar recuperado. Em primeira instância, a Justiça não deu a liminar para sua reintegração ao Verdão, mas o processo segue em curso.

– Entramos com processo contra o Palmeiras. O Luan está arcando com todos os custos de cirurgia, não está recebendo salário. Cobramos reintegração de Luan. Luan tem que ser reintegrado ao Palmeiras – afirmou Luciano Cortizo, empresário próximo da família de Luan, ao ge.

Em nota enviada ao ge, o Palmeiras respondeu: "o caso está sob apreciação da Justiça, que, inclusive, rejeitou a liminar pedida pelos representantes do jogador. O Palmeiras não fará novos comentários sobre o tema e sustentará a sua defesa no âmbito judicial". Sem saber quanto vai estar alto a voltar aos gramados, Luan publicou um desabafo nas redes sociais sobre a situação.

 

"Eu não faço o que amo na vida tem mais de dois anos, isso não é brincadeira. Só Deus sabe quando será meu retorno, não tenho pressa, passar por quatro cirurgias é muito traumático, estou dando tempo ao tempo, paciência é uma virtude que adquiri com o passar desses anos - publicou Luan.

 

O Palmeiras afirma que, cerca de dez dias antes do fim do contrato , Luan realizou uma bateria de exames para checar a situação. O clube diz também que, em dezembro do ano passado, o jogador pediu para fazer a reta final do tratamento em Belo Horizonte (MG), em vez da Academia de Futebol. Luan sempre foi visto no Vitória como um dos jogadores mais promissores do clube. Ele estreou como profissional em 2018 após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Porém, em 2019, começaram os problemas físicos, e a primeira cirurgia no joelho foi realizada naquele ano.

Mesmo com os problemas físicos de Luan Silva, o Palmeiras apostou na recuperação da joia do Vitória e acertou o empréstimo, em 2019. Durante a recuperação de Luan, o clube paulista comprou 15% dos direitos econômicos do jogador por R$ 3 milhões.

Contudo, no Verdão, o atacante passou por mais dois processos cirúrgicos no joelho que já tinha sido operado em 2018 e só foi a campo em uma partida. A quarta cirurgia foi realizada no fim de abril, período em que Luan já não estava mais no clube paulista, mas para reparar um problema ocorrido quando ainda estava no clube paulista, de acordo com o estafe do atleta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.