Quarta, 01 de Dezembro de 2021
28°

Poucas nuvens

Salvador - BA

Governo Brasil

Governo Federal divulga ações de combate ao desmatamento ilegal na Amazônia

As ações foram apresentadas em coletiva de imprensa com os ministros do Meio Ambiente, Joaquim Leite, e da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres

22/11/2021 às 10h50
Por: Lohan Santana Fonte: Governo Federal
Compartilhe:
Foto : DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDODIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto : DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDODIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O Governo Federal tem trabalhado em ações e medidas para o combate do desmatamento ilegal, investindo em prevenção, mitigação e repressão de crimes ambientais. Tendo isso em vista, os ministros do Meio Ambiente, Joaquim Leite, e da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, realizaram uma coletiva de imprensa para falar sobre ações do Governo no combate ao desmatamento da Floresta Amazônica, na noite dessa quinta-feira (18/11).

A coletiva foi motivada pela divulgação dos dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que apontam que a taxa de desmatamento na Amazônia Legal Brasileira (ALB) ficou em 13.235 quilômetros quadrados (km²) no período de 01 de agosto de 2020 a 31 de julho de 2021.

"Os números que foram apresentados hoje são números que tiveram uma alta que não refletem exatamente a atuação dos últimos meses, que nós estamos sendo mais presentes. E a Força Nacional, junto com Ibama e ICMBio, tem atuado em 23 municípios de forma permanente", ressaltou o ministro do Meio Ambiente. “Nós estamos aqui deixando claro que esse número é inaceitável e nós vamos combater contundentemente o crime ambiental na Amazônia”, completou o ministro.

O índice apurado pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes) representa um aumento de 21,97% em relação à taxa de desmatamento do período anterior.

“Estamos readequando nossas forças e subiremos para essas regiões de desmatamento, o Estado brasileiro vai subir com força total pra Amazônia, para o Pará, para o Mato Grosso e para esses estados onde os números ainda não estão bons. A gente está trabalhando com operações integradas, a Polícia Federal atuando com inteligência, com tecnologia, vamos usar a força que o Estado brasileiro tem”, disse o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

De acordo com informações do Ministério do Meio Ambiente, o Governo Federal aprovou orçamento de 270 milhões suplementares para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) para trazer mais equipamentos e modernizar os órgãos e agências de fiscalização, como forma de potencializar a atuação do Governo nas áreas vulneráveis do território.

Guardiões do Bioma

Durante a coletiva, o ministro Joaquim Leite lembrou a Operação Guardiões do Bioma, ação do Governo Federal, lançada em julho deste ano, que já enfrentou mais de 15 mil incêndios florestais em 11 estados dos biomas da Amazônia, Cerrado e Pantanal.

“O Guardiões do Bioma foi uma operação que foi iniciada em conjunto com o Ministério da Justiça e que trouxe resultados no combate a incêndios este ano. Nós conseguimos, na área de atuação do Guardiões do Bioma, colocar praticamente 6 mil homens, chegando até 8 mil homens atuando no território. Conseguimos derrubar em 13% os índices de incêndios no Brasil e 26% dos incêndios especialmente na Amazônia”, destacou o ministro.

Desde o início da operação, foram realizadas 2.792 ações preventivas por profissionais do Corpo de Bombeiros Militares, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ibama e ICMbio.

De acordo com o ministro Joaquim Leite, a intenção é expandir a operação para intensificar seus resultados. “O que o Governo Federal irá fazer é ampliar o Guardiões do Bioma para atuar no desmatamento de uma forma integrada para que os resultados sejam efetivos e que a gente consiga reverter esses números que estão em alta desde 2012”, explicou.

Atuação da Polícia Federal

De acordo com o ministro da Justiça, os resultados adquiridos de julho até o momento, período de atuação da Operação Guardiões do Bioma, foram bastante expressivos. “Para os senhores terem uma ideia, em 2019 foram 19 mandados de busca e apreensão cumpridos, cinco o ano passado e 153 esse ano”, destacou.

Em 2019 a Polícia Federal fez 15 operações de combate aos crimes ambientais. Em 2020 o número cai para 14. Neste ano, o número de operações subiu para 45. “Nós iremos usar toda a força do Governo brasileiro no combate ao desmatamento de agora em diante”, garantiu o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.