Segunda, 29 de Novembro de 2021
26°

Pancada de chuva

Salvador - BA

Bahia Bahia

Comissão de Direitos Humanos cobra governo da Bahia por ataques a assentamento do MST

O Assentamento Fábio Henrique foi atacado no último domingo (31), em Prado, no sul da Bahia

05/11/2021 às 10h55
Por: Lohan Santana
Compartilhe:
Foto: Divulgação MST
Foto: Divulgação MST

Em coluna publicada no portal UOL, a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns - Comissão Arns -, chamou o ataque a assentamento do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) na Bahia de barbárie e cobra resposta do governo do estado. Na ação, que aconteceu no último domingo (31), casas foram depredadas, ônibus do grupo incendiados e veículos alvejados por disparos. A Comissão Arns ainda afirma que os integrantes da ocupação sofreram ameaças contra suas integridades física e psicológica.

O Assentamento Fábio Henrique estava locado em Prado, cidade no sul da Bahia. "É inaceitável que um bando de 20 homens armados invada um assentamento onde agricultores vivem e produzem de modo pacífico, com o objetivo de atentar contra a vida e a liberdade de crianças, idosos, mulheres e homens da comunidade", diz trecho do texto.

Em seguida, a Comissão Arns cobra uma ação rápida do governador Rui Costa, para que identifique e responsabilize os mandantes e executores do crime contra a comunidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.